Áudio de Chico Pinheiro sobre Lula já causou mal-estar na Globo

Chico Pinheiro deixou a Globo em comum acordo após 32 anos dedicados ao jornalismo do canal. Figura querida entre os colegas e telespectadores, o jornalista já protagonizou um episódio que causou mal-estar na emissora.

Em 2018, um áudio atribuído ao jornalista em um grupo privado do WhatsApp, em que ele apareceu exaltando o presidente Lula após sua prisão, vazou nas redes sociais, resultando em uma advertência a Chico e um comunicado oficial aos demais profissionais do grupo.

Conforme a coluna de Ricardo Feltrin em dezembro daquele ano e com base nas informações que o “Notícias da TV” apurou, um e-mail de Ali Kamel, diretor-geral do jornalismo global, reforçou a posição de isenção que a Globo espera de seus jornalistas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Ibaneis estuda atender 80 mil famílias no DF com o Cartão Prato Cheio