Ex-ministro dispara arma acidentalmente em aeroporto de Brasília

Em depoimento prestado à Superintendência da PF (Polícia Federal) do Distrito Federal, o ex-ministro da Educação Milton Ribeiro afirmou hoje que disparou uma arma de fogo acidentalmente no Aeroporto Juscelino Kubitschek, em Brasília.

O disparo aconteceu por volta de 17h, quando ele estava no balcão da Latam. Uma funcionária da Gol que estava no guichê ao lado foi atingida por estilhaços, mas sem gravidade, informou a empresa aérea.

Em depoimento à PF, o ex-ministro afirmou que, depois de abrir sua pasta de documentos, pegou a arma para separá-la do carregador “dentro da própria pasta” —momento em que teria ocorrido o disparo. À corporação, Ribeiro disse que, por medo de expor sua arma de fogo publicamente no balcão, ele teria tentado desmuniciá-la dentro da pasta.

“Como havia outros objetos dentro da pasta, o local ficou pequeno para manusear a arma”, justificou o ex-ministro. “O projétil atravessou o coldre e a pasta e se espalhou pelo chão”, disse.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Ibaneis estuda atender 80 mil famílias no DF com o Cartão Prato Cheio