Quem é o milionário russo que ofereceu R$ 5 milhões pela captura de Putin

“Desafio: Como ser um empresário bem-sucedido mesmo sendo perseguido pelo FBI, pela KBG, pelo INS (Serviço de Imigração e Naturalização dos EUA), pelo Departamento de Segurança Doméstica, pelo Departamento de Justiça, pela Interpol e jurado de morte pela máfia”. É este o título da autobiografia de Alexander Konanykhin, o milionário russo que ofereceu um prêmio de mais de R$ 5 milhões pela captura de Vladimir Putin.

A postagem de Konanykhin, um ex-banqueiro que vive nos Estados Unidos desde a década de 1990, gerou polêmica por incluir uma imagem do presidente russo com os dizeres “procura-se: morto ou vivo”. O post foi deletado e, depois, refeito sem a ilustração.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mendonça pede vista e suspende julgamentos de Moraes contra Bolsonaro