Cidades pobres e sem infraestrutura gastam milhões com shows

Cachês de até R$ 800 mil são pagos a artistas com dinheiro enviado por deputados e senadores; prefeitos decidem o que fazer com valores sem transparência

Mesmo sem energia elétrica, saneamento básico, asfalto ou posto de saúde, a maioria deles sertanejos, neste ano eleitoral. Deputados e senadores enviam os recursos diretamente para o caixa das prefeituras, que podem dar ao dinheiro o destino que bem entenderem, sem prestação de contas.

Datafolha: Eleitor de Bolsonaro desaprova STF e não foge de discussão virtual