‘Top Gun’: como está o elenco hoje, 36 anos depois do 1º filme?

Tony Scott, ao dirigir um longa baseado num artigo sobre a rotina de pilotos da Marinha, provavelmente jamais imaginou o forte impacto que a narrativa causaria mundo afora. É claro que o investimento da Paramount Pictures foi digno de uma produção recheada de expectativas, mas “Top Gun: Ases Indomáveis” (1986) poderia ter encerrado sua história no primeiro longa.

Contudo, quase quatro décadas após o seu lançamento, seus personagens e universo ainda são capazes de despertar interesse e fascínio nos fãs. É possível dizer que, com o tempo, “Top Gun: Maverick”, continuação do clássico, se torne ainda maior que o seu antecessor.

O novo longa acumula impressionantes 97% de aprovação dos críticos do Rotten Tomatoes, e já garantiu o Certified Fresh da plataforma. Tom Cruise estrela e produz a continuação da franquia, cujo primeiro filme arrecadou mais de US$ 350 milhões em bilheteria.

Diversas atualizações foram feitas em “Top Gun”, e o elenco parece ainda mais preparado para a ação: grande parte dele foi submetida a um treinamento intenso, no qual atores aprenderam a pilotar aviões, nadar e dirigir suas próprias cenas, a bordo de um jato supersônico.

Sim, “Top Gun: Maverick” pode superar o longa original em muitos aspectos, mas foi a narrativa de 1986 que, inicialmente, encantou o mundo. Neste artigo, relembramos alguns dos responsáveis pelo sucesso de “Top Gun: Maverick”, e o que eles têm feito na atualidade. Como está o elenco do primeiro filme hoje? Descubra!

Sam “Merlin” Wells | Tim Robbins

Aos 63 anos, Tim Robbins possui um currículo extenso no cinema. Merlin foi um de seus primeiros papéis nas telonas, mas não demorou muito para emplacar sucessos como “Short Cuts – Cenas da Vida” (1993) e “Um Sonho de Liberdade” (1993). Neste último, ao lado de Morgan Freeman, ele dá vida ao detento Andy Dufresne, condenado por um crime que não cometeu.

“Sobre Meninos e Lobos” (2003) é outro longa aclamado pela crítica, no qual ele também atuou. Este é um dos trabalhos mais importantes de sua carreira, pois foi o papel que lhe rendeu um Oscar de Melhor Ator Coadjuvante.

Atualmente, Robbins segue na carreira de ator, e também se insere da indústria como roteirista, produtor e diretor.

Charlie | Kelly McGillis

Muitos fãs questionaram a ausência da atriz em “Top Gun: Maverick”, uma vez que Charlie, a instrutora de voo do primeiro longa, é uma das personagens principais do filme.

Em algumas entrevistas recentes, Kelly afirmou não ter sido convidada para o projeto. Joseph Kosinski, diretor da sequência, alegou que “não havia espaço para McGillis na narrativa”, pois ele pretendia explorar novas histórias e personagens.

Mesmo que tenha sido a estrela de um dos filmes mais marcantes dos anos 80, a atriz não possui muitos créditos no cinema desde então. Depois de “Top Gun: Ases Indomáveis”, Kelly alegou que a fama a intimidava, e uma série de outros problemas pessoais acabou afastando-a de Hollywood. Seus últimos trabalhos foram na série “The L Word” e no longa “Encontrando o Amor em Sugarcreek” (2014).

Tom “Iceman” Kazansky | Val Kilmer

Ao contrário de McGillis, que não foi escalada para a continuação, Val Kilmer e seu piloto Iceman, desafeto do personagem de Tom Cruise em Ases Indomáveis, foi considerado essencial na sequência.

Tom Cruise declarou que viveu momentos incríveis com o ator nos sets de 1986, e sua presença era uma das exigências para que “Top Gun: Maverick” saísse do papel.

Nick “Goose” Bradshaw | Anthony Edwards

Grande parceiro de Pete “Maverick” Mitchell, o piloto Goose, vivido por Anthony Edwards, levou muitos de nós às lágrimas com seu trágico destino em Ases Indomáveis.

Embora já tivesse participado de alguns filmes e séries antes, o papel abriu portas para Edwards em Hollywood. Anos depois, ele atuou e dirigiu episódios de “Plantão Médico” e, recentemente, interpretou o advogado Alan Reed na série “Inventando Anna”, da Netflix.

Carole | Meg Ryan

É possível que sua participação tenha passado despercebida por muitos, mas Meg Ryan deu vida a Carole, esposa de Goose, no primeiro “Top Gun” – o casal, inclusive, chegou a viver um relacionamento amoroso logo depois das filmagens.

O filme é um dos primeiros grandes trabalhos da atriz, que se tornou uma verdadeira estrela do cinema anos depois. “Harry e Sally – Feitos Um para o Outro” (1989), “Cidade dos Anjos” (1998), “Mens@gem Para Você” (1998) e “Kate e Leopold” (2001) são apenas alguns de seus sucessos nas telonas.

Mike “Viper” Metcalf | Tom Skerritt

Antes de Top Gun, Tom Skerritt já era um ator veterano. Atuou em diversos clássicos da televisão norte-americana, como “Meu Marciano Favorito” (1963-1966), “Bonanza” (1964-1973), “Túnel do Tempo” (1966-1967) e “M.A.S.H” (1970-1983).

Rick “Jester” Heatherly | Michael Ironside

O ator canadense possui uma trajetória extensa nos cinemas e na televisão. Antes mesmo de dar vida a Jester, Michael Ironside já havia trabalhado em muitos filmes e séries.

Ele também carrega um vasto currículo como dublador, e já emprestou sua voz a personagens em produções como “Superman: A série Animada” (1997-2000), “Liga da Justiça sem Limites” (2006) e “Harley Quinn” (2019). Em todas essas adaptações dos quadrinhos da DC Comics, ele interpreta o icônico vilão Darkseid.

Bill “Cougar” Cortell | John Stockwell

Cougar é o piloto que se desestabiliza em pleno voo, temendo a morte e a possibilidade de nunca mais ver sua esposa e filha, de quem carrega a foto grudada ao painel da aeronave.

Antes de dar vida a ele, John Stockwell já havia atuado com Tom Cruise em “Porky 3” (1983), no papel de Spider. Depois disso, além de filmes como “Christine, o Carro Assassino” (1983), John aventurou-se como diretor. Ele dirigiu episódios da série “The L Word”, na qual Kelly McGillis chegou a atuar, e é o cineasta responsável pelo terror “Turistas” (2006), que se passa no Brasil.

Pete “Maverick” Mitchell | Tom Cruise

Além de manter-se atuando e produzindo no cinema até hoje, o tempo parece não passar para Tom Cruise.

Depois de tornar-se uma estrela em “Top Gun: Ases Indomáveis”, Cruise construiu uma sólida carreira em filmes de ação e drama. Trabalhos inesquecíveis como “Rain Man” (1988), “Nascido em 4 de Julho” (1989) “Entrevista com o Vampiro” (1994), “Magnólia” (1999) e “De Olhos Bem Fechados” (1999) ajudaram a consolidar o ator como um dos maiores astros do cinema em atividade.

Alexandre de Moraes exalta urnas e firma posição combativa do TSE contra fake news