‘Mona Lisa’ é atacada por visitante no Museu do Louvre

Obra não foi danificada graças ao vidro que a protege

“Mona Lisa”, a famosa pintura do gênio italiano Leonardo Da Vinci (1452-1519), foi vandalizada no último domingo (29) no Museu do Louvre, em Paris, por um visitante.

Segundo o jornal “El País”, uma pessoa usando cadeira de rodas e disfarçada com uma peruca teria arremessado algo como uma torta na obra de arte. No momento do ataque, a sala onde fica o quadro estava repleta de visitantes e muitos conseguiram registrar o episódio.

Os seguranças do prestigiado museu agiram rapidamente e expulsaram o responsável pelo ataque, enquanto os funcionários do local limparam a sala. A icônica obra de Da Vinci não sofreu nenhum dano, pois está protegida por placas de vidro.

A identidade do autor do ataque e os motivos para ele ter provocado o incidente não foram revelados pelas autoridades francesas.

“Mona Lisa” já recebeu uma série de ataques ao longo dos anos. Em 2009, por exemplo, uma visitante lançou uma xícara, mas o quadro foi protegido pelo vidro. Nos anos 1950, uma pequena parte da obra foi danificada por causa de um ácido jogado contra ela.

A pintura da Mona Lisa (La Gioconda em italiano) é uma das obras de arte mais importantes e famosas do mundo e foi pintada por Da Vinci entre 1503 e 1506. O quadro está em exposição no Museu do Louvre, em Paris, desde 1797.

Alexandre de Moraes exalta urnas e firma posição combativa do TSE contra fake news