Mutirão para tirar a carteira de identidade no DF

A programação contará ainda com carreta da Defensoria Pública do Distrito Federal, na qual a população terá acesso aos serviços de investigação

Um mutirão da Polícia Civil será realizado para a emissão da 1ª e 2ª vias de carteira de identidade. A ação vai ocorrer neste sábado (28), das 7h30 às 13h, e no domingo (29), das 7h às 13h, nas unidades do Na Hora.

O atendimento será realizado mediante agendamento prévio realizado pelo site agendaservico.pcdf.df.gov.br.

A ação também ocorrerá durante a 23ª edição do programa Sejus Mais Perto do Cidadão, promovido pela Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus), neste sábado, em Sobradinho II. O evento será realizado na administração regional, onde o ônibus da Polícia Civil estacionará para fazer a emissão de 40 documentos e 150 agendamentos para atendimento na delegacia mais próxima. Nesse caso, as senhas serão distribuídas por ordem de chegada.

Os moradores de Sobradinho II também poderão resolver outras demandas com o serviço público na Unidade Móvel do Na Hora, que reunirá os seguintes órgãos parceiros: Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb), Neoenergia, Companhia de Desenvolvimento Habitacional do Distrito Federal (Codhab), Detran, INSS, BRB Mobilidade, Receita Federal, Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), Secretaria de Economia (Seec), entre outros.

A programação contará ainda com carreta da Defensoria Pública do Distrito Federal, na qual a população terá acesso aos serviços de investigação de paternidade, exames de DNA, execução de alimentos, guarda (regulamentação ou alteração) e divórcio (consensual ou litigioso). Além das carretas, o evento oferecerá atendimento psicossocial, orientação jurídica e corte de cabelo gratuito.

Saúde e bem-estar

O Sejus Mais Perto do Cidadão ocorrerá em conjunto com a 18ª edição do programa Sua Vida Vale Muito Itinerante, que concentra os serviços de saúde e bem-estar, entre os quais, teste de glicemia, aferição de pressão arterial, massoterapia, acupuntura, vacinação contra a covid-19 (adulto e criança) e influenza (grupo prioritário), além de uma exposição sobre plantas medicinais.

*Com informações da Agência Brasília

43% dos beneficiários do Auxílio Brasil estão inadimplentes