Zelensky diz que Ucrânia deve enfrentar a realidade e negociar com Putin

O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, disse hoje que a Ucrânia precisa enfrentar a realidade e dialogar com o líder russo, Vladimir Putin. Zelensky relatou ter tentando várias vezes marcar um encontro com o presidente da Rússia em busca do fim da guerra, mas que o governo de Putin não teria demonstrado estar pronto para começar negociações de paz sérias.

“Há coisas para discutir com o líder russo. Não estou dizendo que… nosso povo está ansioso [que eu decida] falar com eles, mas temos que enfrentar a realidade do que estamos passando”, disse Zelensky em um discurso hoje, por video, para a Indonésia, segundo a agência Reuters.

“O que queremos desta reunião? … Queremos retomar nossas vidas… Queremos voltar à vida de um estado soberano em seu próprio território”, completou Zelensky.

A última reunião presencial entre as delegações dos dois países foi no final de março. Hoje, o governo russo disse que as exigências da Ucrânia carecem de clareza. “Isso não nos permite entender completamente o que o lado ucraniano quer”, disse o porta-voz russo, Dmitry Peskov.

Na semana que vem, Zelesnky participará de uma cúpula de líderes europeus, que falará sobre as necessidades mais urgentes da Ucrânia e a crise alimentar e energética resultante do conflito

Mendonça pede vista e suspende julgamentos de Moraes contra Bolsonaro