Na ‘Time’ com Lula, Felipe Neto chama Bolsonaro de assassino

Influenciador sinaliza que usará seu poder de mobilização na internet para ajudar a campanha presidencial do petista

A matéria de capa da ‘Time’ com Lula cita Felipe Neto, descrito como “popular youtuber” que era crítico do presidente e “voz feroz” contra o PT, e que agora apoia a pré-candidatura do esquerdista ao Planalto.

“Não sou petista e tenho duras críticas sobre muitos assuntos relacionados a Lula. Mas essas críticas são no campo político, não nos direitos humanos”, afirmou Felipe à revista americana.

Na sequência, ele se refere de maneira contundente em relação ao presidente Jair Bolsonaro. “Gostaria de me opor a um líder legítimo; eu não aguento mais fazer isso contra um assassino.”

Em outras ocasiões, o influenciador disse que o atual chefe do Executivo é “genocida”, “filho da p*”, “demônio”, “corno”, “vagabundo”, “lixo”, “bandido”, “burro”, “pobre”, entre outros xingamentos.

Na semana passada, no Twitter, Felipe relatou ter sofrido perseguição por ser um dos mais ferrenhos críticos de Bolsonaro. “Foram dois anos com todas as empresas com sede no Brasil recusando meu nome por motivos que vocês sabem bem.”

Ele acredita em boicote. “As campanhas eram negociadas, às vezes chegavam a ser fechadas, mas ‘alguém’ mandava derrubar meu nome”, explicou. “Vale ressaltar que nunca perdi uma publi na vida quando vivia xingando Lula e Dilma. Nem fui perseguido.”

Felipe Neto acaba de comemorar a marca de 44 milhões de inscritos em seu canal no YouTube. No Instagram, ele possui 15 milhões de seguidores. No Twitter, são 14 milhões.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Ibaneis estuda atender 80 mil famílias no DF com o Cartão Prato Cheio