‘Vamos afogá-la e queimá-la’: texto de Depp sobre Amber é lido em tribunal

A atriz e modelo Amber Heard e o ex-marido, Johnny Depp, travam uma batalha na Justiça em um julgamento, que iniciou no dia 12 de abril, em que ambos se acusam de difamação. Nesta quinta (21), uma nova prova da violência psicológica que ela alega ter sofrido foi apresentada. No tribunal, foi lida uma mensagem que o ator mandou para o colega de profissão Paul Bettany, em que dizia que “queria afogar e depois queimar” a ex-mulher.

De acordo com o jornal britânico “Daily Mail”, a mensagem foi enviada em 11 de junho de 2013. O advogado de Amber questionou se Bettany era o tipo de amigo que Depp tinha como companhia quando fazia uso de álcool e drogas. Apesar de ter dito que essa era uma pergunta estranha, o réu confirmou.

O advogado então pediu licença para a corte para ler a continuação da troca de mensagem, que ganhou um tom mais agressivo. “Eu vou queimar a p*** do corpo dela depois para ter certeza que ela está morta”, dizia o texto. Nessa época, Amber e Depp ainda não eram casados. Questionado se ele tinha escrito aquilo sobre a mulher com a qual se casaria, o ator confirmou.

O julgamento segue e deve durar mais algumas semanas. Amber pede U$ 100 milhões (quase R$ 500 milhões) pelo fato de o ex-marido tê-la chamado de mentirosa, enquanto Depp a processa por um artigo que ela escreveu para o jornal “Washington Post” em que dizia que era vítima de violência doméstica.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

43% dos beneficiários do Auxílio Brasil estão inadimplentes