Renovado, Parque Castelinho do Gama será reaberto em 21 de abril

O equipamento público passou por reforma, com nova pintura e manutenção dos brinquedos. A ação foi feita pelo GDF Presente

Um dos parques mais tradicionais do Gama, o Castelinho, localizado na Quadra 12 do Setor Oeste, foi completamente renovado em uma ação do programa GDF Presente. Após meses fechado, o equipamento público passou por uma grande manutenção e estará aberto para a comunidade a partir desta quinta-feira (21).

“Estamos devolvendo para a população esse espaço que é muito importante e tradicional na nossa cidade”, avalia a administradora do Gama, Joseane Feitosa.

Administradora do Gama

Uma série de ações foram feitas no local ao longo de quatro semanas. O parque ganhou uma nova pintura e todos brinquedos foram reformados. Também foram feitos a poda das árvores, o reparo dos meios-fios e das calçadas, a substituição das lixeiras, a colocação de 60 metros de gramas esmeraldas e a troca da areia.

“Foi feita uma manutenção geral no Castelinho. Contamos com o trabalho dos reeducandos do programa Mãos Dadas, da Secretaria de Administração Penitenciária (Seape)”, afirma o coordenador do Polo Sul II, Rodrigo Caverna.

O técnico em automobilística José Torquato, 42 anos, é nascido e criado no Gama. Ele diz que os sobrinhos sempre brincaram no Castelinho. “O parque ficou muito tempo fechado e até marginalizado. Então é muito importante essa reforma”, classifica o morador.

Funcionamento

A ideia de reabrir o espaço no feriado é uma forma de dar mais uma opção de lazer gratuita para a população do Gama. “Estamos investindo muito na questão do lazer da cidade. No feriado já vai ser um local para os nossos moradores aproveitarem”, completa a administradora. Joseane espera que as famílias aproveitem o dia levando as crianças e fazendo piquenique.

Com a reabertura, o Parque Castelinho funcionará de terça a domingo, das 8h às 18h. Sempre às segundas, o local passará por manutenção e limpeza. Confira outras ações do GDF Presente:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

43% dos beneficiários do Auxílio Brasil estão inadimplentes