Espetáculo fala sobre a velhice em tempos modernos

Com direção de Lucas Sancho e com participação de Ruth Guimarães e Fátima Lacerda, a peça estará em cartaz no Distrito Federal

Duas atrizes precisam entrar em cena e o terceiro sinal está próximo. Como construir um espetáculo neste curto espaço de tempo? Frida (Fátima Lacerda) e Raquel (Ruth Guimarães) estão em apuros e só a vivência de cada uma sobre a vida e sobre a Arte – também a arte de viver –  poderá salvá-las. 

Foi pensando em questões sobre o envelhecimento e, também, sobre um reposicionamento das pessoas da terceira idade mediante a vida em tempos modernos, além da nova maneira de se relacionar com a tecnologia crescente somada à convivência com os jovens desta geração tecnológica, que as atrizes/diretoras radicadas em Brasília, Fátima Lacerda e Ruth Guimarães, se juntaram ao diretor conceituado de São Paulo (SP), Lucas Sancho, para conceber o espetáculo teatral Memórias Com Prazer e Resistência.

A obra que conta com o patrocínio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Distrito Federal por meio do Fundo de Apoio à Cultura (FAC-DF) e com a dramaturgia colaborativa entre Fátima, Ruth e Lucas poderá ser conferida em Escolas do Ensino Médio Público do Distrito Federal e pelo público, em geral.

A estreia do espetáculo Memórias Com Prazer e Resistência, totalmente gratuita, será na Escola CEMAB – Centro de Ensino Médio Ave Branca (QSA 3/5 – Área Especial  – Taguatinga Sul)  no dia 26 de abril, terça-feira, às 20h. Ainda no local, haverá sessão no dia 27 do mês, às 11h.  Logo após, a produção passará pelo Centro Educacional 3 – Centrão, no Guará II (QE 17/19 – Área Especial), em apresentações nos dias 28 de abril, às 10h40, e no dia 29 do mês, também no mesmo horário. 

Foto/Reprodução

Para finalizar a circulação de Memórias Com Prazer e Resistência na capital federal nesta primeira etapa, nos dias 30 de abril e 1º de maio terão também sessões abertas no Teatro Sesc Paulo Autran (CNB 12 – Área Especial 2/3 – Taguatinga Norte), sempre às 20h. Entrada franca. Livre para todos os públicos.

Como ressignificar atitudes e conceitos em relação à velhice no que diz respeito a sua sexualidade, à sua militância política, ao abandono, a ausência de mercado e, em especial, no teatro? Como driblar o descaso não só dos familiares, mas da sociedade como um todo? Como administrar poeticamente as mazelas da velhice? Este é um dos questionamentos da atriz e dramaturga Ruth Guimarães ao conceber o embrião deste projeto. Aos 75 anos, Ruth é reconhecida na capital federal por suas obras e interpretações premiadas.

Agora, ela estará em cena ao lado da também atriz premiada Fátima Lacerda que topou encarar o desafio de discutir no palco sobre o fazer artístico, o mercado de trabalho para pessoas idosas e o viver em tempos de abandono. E é por meio da metalinguagem, que elas criaram estas duas personagens (Raquel e Frida), um dueto que oscila entre lapsos de memória, conflitos artísticos e, ainda, reflete sobre a atual história brasileira e sobre os rumos do teatro.

Serviço 

Espetáculo Memórias Com Prazer e Resistência fala sobre os sabores e dissabores da velhice em tempos modernos

Estreia: Escola CEMAB – Centro de Ensino Médio Ave Branca (QSA 3/5 – Área Especial  – Taguatinga Sul)  

Dia 26 de abril, terça-feira, às 20h

Também dia 27 do mês, às 11h, no local

Dia: 28 e 29 de abril no Centro Educacional 3 – Centrão, no Guará II (QE 17/19 – Área Especial), sempre às 10h40

Dias 30 de abril e 1º de maio noTeatro Sesc Paulo Autran (CNB 12 – Área Especial 2/3 – Taguatinga Norte), sempre às 20h

Entrada franca

Livre para todos os públicos. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

43% dos beneficiários do Auxílio Brasil estão inadimplentes