Sem chuvas, obras do viaduto da Epig entram em ritmo acelerado

Parte do Corredor Eixo Oeste, intervenção viária entre o Sudoeste e o Parque da Cidade já está com 20% de execução e vai dar fluidez no trânsito por onde passam cerca de 25 mil veículos todos os dias

O fim do período de chuvas e a fase de estiagem que segue até outubro de 2022 dará mais celeridade à obra de construção do viaduto da Estrada Parque Indústrias Gráficas (Epig). A intervenção viária que integra o Corredor Eixo Oeste já está com 20% de execução e vai mudar a rotina dos cerca de 25 mil motoristas que passam pela rodovia todos os dias, entre o Eixo Monumental e a Estrada Parque Taguatinga (EPTG).

No final de março, os construtores concluíram a etapa de fundação das 24 estacas. Elas darão sustentação a todo o carregamento do viaduto por onde passará a trincheira entre o Parque da Cidade D. Sarah Kubitschek e o Sudoeste. A expectativa dos engenheiros envolvidos na obra é de que os próximos meses de tempo firme e sem temporais sejam de execuções ainda mais rápidas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mendonça pede vista e suspende julgamentos de Moraes contra Bolsonaro