Saída de Moro interfere nos planos de Lula e Bolsonaro

Especialistas afirmam que migração do eleitorado do ex-juiz poderia beneficiar Bolsonaro e prejudicar Lula no atual cenário

A saída, ainda que temporária, do ex-juiz e ex-ministro da Justiça Sergio Moro (União Brasil) da disputa pela Presidência da República surpreendeu o meio político e, principalmente, os entusiastas da chamada “terceira via”.

Moro vinha enfrentando dificuldades para consolidar sua pré-candidatura e não conseguia aumentar as intenções de voto para o seu nome e ameaçar a liderança do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e do presidente Jair Bolsonaro (PL), que aparecem em primeiro e segundo lugar, respectivamente, nas pesquisas mais recentes.

Moro fez parte do governo Bolsonaro como ministro da Justiça

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Ibaneis estuda atender 80 mil famílias no DF com o Cartão Prato Cheio