Em quais cosméticos podemos realmente confiar?

Resolvemos desvendar se as promessas feitas no mundo da beleza são realmente verdade; confira

1° de abril, também conhecido como o Dia da Mentira, é oficialmente a data do ano em que mais se pregam pegadinhas. Entretanto, lidamos com mentiras o ano todo, né? E boa parte delas podem estar inseridas no mundo da beleza. Afinal, será mesmo que todas aquelas promessas milagrosas dos cosméticos são reais? 

Aproveitando a data comemorativa, conversamos com alguns especialistas para desvendar os maiores mistérios desse universo. Confira abaixo e descubra se o efeito prometido é realmente verídico ou não passa de mais uma pegadinha do Dia da Mentira! 

Os cremes para celulites e estrias funcionam mesmo?

Talvez essa seja uma das maiores promessas da beleza: acabar com as celulites e estrias! Mas será que um simples creme pode fazer isso? “Temos que ter em mente que a celulite é uma alteração predominantemente localizada na região subcutânea (gordura) e não existem cremes com eficácia comprovada que agem no tecido gorduroso“, responde o dermatologista Abdo Salomão Jr.

Segundo o especialista, é preciso considerar ainda o grau da celulite: os casos mais acentuados não desaparecem por completo, enquanto os quadros mais brandos (com menos furinhos) devem ter uma melhora significativa se houver mudanças do estilo de vida associadas ao tratamento estético, como procedimentos e preenchimentos — nessas situações, o uso de um creme próprio poderá potencializar os resultados. 

Já quando o assunto são estrias, a promessa não é mentirosa, viu? Desde que as marcas ainda sejam iniciais, apresentando coloração avermelhada, elas podem, sim, ser combatidas com cremes que contenham os ácidos retinoico e glicólico. As mais antigas, porém, precisam de procedimentos para obter melhora. 

Dá para fazer o cabelo crescer de verdade?

Com as gominhas para cabelo em alta, o crescimento dos fios anda sempre em pauta. Entretanto, o que realmente pode funcionar são loções para quem sofre com a queda excessiva e constante desde que tenham os ativos certos em sua formulação, como o monoxidil. 

De acordo com o dermatologista Daniel Cassiano, o Minoxidil possui uma ação vasodilatadora que promove o crescimento capilar através do aumento da fase de crescimento dos fios, além de ter o potencial de reverter a miniaturização dos cabelos. Portanto, dá para confiar! 

E as manchas, dá para tratar com cosméticos?

Dá, sim! E os cosméticos clareadores são realmente indicados, viu? “É possível, sim, obter um resultado bem satisfatório no tratamento e controle das manchas apenas com o uso de dermocosméticos e mudanças no estilo de vida. E mesmo quando associamos procedimentos estéticos, uma boa rotina de cuidado com a pele é fundamental”, destaca a dermatologista Patrícia Mafra. 

Verdades ditas! Agora, lembre-se que antes de se jogar nos tratamentos verdadeiros, você precisa de recomendação e acompanhamento médico, hein — e isso não é pegadinha! 

Fontes: Daniel Cassiano, dermatologista, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD); Abdo Salomão Junior, doutor em dermatologia pela USP, sócio efetivo da SBD e membro da American Academy of Dermatology (AAD); Patrícia Mafra, dermatologista e membro titular da SBD. 

Foto: Reprodução

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Alexandre de Moraes exalta urnas e firma posição combativa do TSE contra fake news