Morador de rua pede desculpas à mulher

Givaldo de Souza, 48 anos, foi a um canal de youtube e afirmou que foi “infeliz”, que estava “envergonhado” e que gostaria de pedir “desculpas a todas as mulheres”

O morador de rua que foi flagrado tendo relações sexuais com a companheira de um personal trainer, em Planaltina, se desculpou, por ter exposto a intimidade da mulher.

O caso aconteceu no início do mês. Givaldo manteve relação sexual dentro de um veículo, com a mulher. Após laudo médico, divulgado seis dias depois, a comerciante estava em surto psicótico. O marido flagrou o ato e espancou o sem-teto, alegando achar q a esposa estava sendo estuprada.

“Essa infelicidade que tive ao descrever a situação do fato, sem mudar nada, é uma coisa muito feia. Me sinto envergonhado e gostaria de pedir desculpas a ela, às meninas da minha família, à minha mãe e a todas vocês [mulheres]”, disse.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

43% dos beneficiários do Auxílio Brasil estão inadimplentes