Realizado no Gama um dos maiores resgates de aves no DF

Fiscais do Brasília Ambiental e Dema encontraram 300 pássaros sendo criados de forma irregular e apresentando indícios de maus-tratos

Auditores fiscais do Instituto Brasília Ambiental, em parceria com a Delegacia de Meio Ambiente (Dema) da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), realizaram no início da noite desta segunda-feira (28), no Gama, um dos maiores resgates de passeriformes já registradas no DF. Foram resgatados 300 animais e mais de uma centena de gaiolas.

Conforme a Superintendência de Fiscalização, Auditoria e Monitoramento (Sufam) do instituto, os auditores fiscais atenderam ao chamado da Dema, que recebeu denúncia na sua seção de maus-tratos. Os passeriformes estavam sendo criados irregularmente, trancafiados em uma casa de dois pisos, com estrutura de abafador de som, para evitar que o barulho dos pássaros fosse ouvido do lado de fora do recinto. A ação infringe a Lei 4.060/2007 de maus-tratos a animais.

A Dema fará a apuração criminal e o Brasília Ambiental, a apuração administrativa. Será aplicada multa, ainda não calculada, aos responsáveis. Até a publicação desta matéria, os auditores ainda estavam no local fazendo a autuação e classificando as aves.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Ibaneis estuda atender 80 mil famílias no DF com o Cartão Prato Cheio