Metaverso é tema de workshop do Comunidade UX

Quem está mais atento ao mundo digital, provavelmente já ouviu falar em “Metaverso”. A mais nova menina dos olhos de Mark Zuckerberg, fundador do Facebook – agora “Meta”, justamente em referência ao Metaverso – vem gerando estudos e debates sobre seu conceito. E esse é o tema do Comunidade UX, projeto da Bienal de Arte Digital, que promove workshops e palestras presenciais e online sobre assuntos relacionados à arte e à tecnologia. O evento, que também segue com exposição de trabalhos até abril na Galeria 3 do Centro Cultural Oi Futuro, no Flamengo, no Rio de Janeiro, ainda tem vagas para os cursos no site www.comunidadeux.com

Com aulas gratuitas e presenciais, o workshop Espaços Virtuais no Mozilla Hubs: diversificando narrativas e cocriando o Metaverso será conduzido pelo artista digital Vitor Milagres, entre os dias 28 e 31 de março. A proposta do encontro é exercitar pensamentos sobre espacialidades virtuais, a reestruturação do corpo em ambientes digitais e as diferentes formas de afetividade que podem ser gerenciadas numa arquitetura livre de barreiras físicas. Milagres irá propor que a turma desenvolva seu Universo Interativo – na plataforma Mozilla Hubs -, além de discutir conceitos do Metaverso e levantar formas práticas de cocriação deste novo estágio da tecnologia.

Também presencial, os interessados podem se inscrever no workshop Estúdios Coragem: Acompanhamentos curatoriais de práticas e processos audiovisuais, ministrado por Lorran Dias, dias 28 e 30, ambos realizados no INFNET, no Centro do Rio. Já as duas últimas palestras do projeto serão online no dia 30 de março com os temas: Ilustração Digital na América Latinade 9h às 12h, com o formador Zadô, e Segurança Digital e Redes Sociais, de 18h às 21h, ministrada por Diego Cerqueira. Os participantes, acima de 18 anos, não precisam ser artistas “natos digitais”, mas devem ter conhecimentos prévios sobre técnicas digitais. As inscrições são pelo link (https://bit.ly/comunidadeux) e o participante recebe email de confirmação.

O Comunidade UX é uma plataforma de cooperação, informação e, principalmente, de formação sobre arte digital. Os curadores/formadores, responsáveis pelas aulas, de maioria pretes e periféricos, são Diego Cerqueira, Fausto Vanim, Felipe Nunes, Kerolayne Kemblim, Lauro Gripa, Lorran Dias, Lucas Lima, Nicole Pessoa, Pitter Rocha, Podeserdesligado, Thais Alvarenga, Vitor Del Rey, Vitor Milagres, Zadô, Zaika dos Santos; artistas reconhecidos em suas áreas de atuação. O patrocínio é da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, da Secretaria Municipal de Cultura, da Oi e SEREDE, por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura – Lei do ISS.

Para baixar imagens, clique aqui: Imagens Comunidade UX 22

Para saber mais sobre os formadores e curadores, acesse o site: www.comunidadeux.com

Sobre o Comunidade UX: https://www.youtube.com/watch?v=ZU9B0uYR_m4

Programação do Comunidade UX com inscrições abertas e gratuitas:

WORKSHOPS:

Estúdios Coragem: Acompanhamentos curatoriais de práticas e processos audiovisuais – Formador: Lorran Dias

Datas: 28, 30 de março, 14h às 18h – Local: INFNET

Ementa: O Trajeto das Telas é um ciclo de convivências focado no desenvolvimento de projetos, processos e demais aventuras audiovisuais com acompanhamento curatorial semanal da TV Coragem. Em sua segunda edição, toma forma de um espaço experimental e ensaístico para o exercício fílmico inquieto, desejante e inconformado. Nos Estúdios Coragem existe um interesse nas formas expandidas de se relacionar com as imagens e nos seus usos para o enfrentamento do impossível, seja na elaboração de filmes, vídeos, performances, objetos e/ou instalações.

Desenvolvendo Espaços Virtuais no Mozilla Hubs: diversificando narrativas e cocriando o Metaverso – Formador: Vitor Milagres

Datas: 28, 29, 30, 31 de março / 19h30 às 21h30 / Local: INFNET

Ementa: Vamos exercitar pensamentos sobre espacialidades virtuais, a reestruturação do corpo em ambientes digitais e as diferentes formas de afetividade que podem ser gerenciadas numa arquitetura livre de barreiras físicas. Enquanto desenvolvemos o nosso próprio Universo Interativo – na plataforma Mozilla Hubs -, vamos discutir os conceitos de metaverso e levantar formas práticas de sermos co-criadores deste novo estágio da tecnologia. Parte do workshop consistirá em pensar estratégias que tornem esses processos mais acessíveis.

PALESTRAS:

Ilustração Digital na América Latina (Online) – Formador: Zadô

Data: 30 de março, 9h às 12h – Plataforma Zoom

Ementa: Com foco na ilustração digital, vamos pensar em toda a transdisciplinaridade que essa área permite e conhecer suas ramificações no mercado de trabalho. Em nosso encontro, será apresentada uma breve atividade de criação de personagem que poderá ser realizada posteriormente, além da apresentação de alguns ilustradores latino-americanos.

Segurança Digital e Redes Sociais (Online) – Formador: Diego Cerqueira

Data: 30 de março, 18h às 21h – Plataforma Zoom

Ementa: Nesta aula, vamos navegar nos conceitos de Segurança Digital, explorando um conjunto de boas práticas e ferramentas para garantir a sua segurança online e nas redes sociais. Você compreenderá a importância da criptografia, como verificar vazamento de senhas e a importância de protocolos de segurança. Ao final deste encontro, você estará equipado com ferramentas para evitar invasões às suas contas e terá dicas do que fazer em caso de suspeita de ataques.

BIENAL DE ARTE DIGITAL:

Realizada em 2018 no Rio e em Belo Horizonte, a Bienal de Arte Digital foi promovida pelo Festival de Arte Digital (FAD), com patrocínio da Oi e apoio cultural do Oi Futuro. A programação contou com artistas do Brasil, Chile, China, Espanha, Estados Unidos, Itália, México e Reino Unido, apresentando exposições, performances e simpósios com o tema “linguagens híbridas”. A proposta da Bienal é se tornar uma agenda nacional de arte digital e mostrar a cada dois anos obras e exposições que reflitam temas sociais importantes, evidenciando que a arte possibilita à tecnologia exibir suas experiências sociais.

O FAD é um projeto sobre a exploração inventiva de novas tecnologias no campo da arte, ciência e tecnologia. Um dos eixos do projeto é a exibição de instalações de performances e apresentações diversas privilegiando a arte digital (produzida por máquinas, softwares e programação). A formação de jovens criadores é outro objetivo do FAD, com o trabalho de mediação, oficinas do programa educativo nas exposições, além de palestras ministradas por artistas, profissionais de mercado acadêmicos e demais envolvidos nos campos de ciência e tecnologia, com nomes regionais, nacionais e internacionais.

Desde 2007, o FAD espalhou os temas da Arte através de Novas Tecnologias em quatro pilares de ação em Belo Horizonte e no Rio de Janeiro em oficinas, palestras, apresentações, exposições de arte e intercâmbio com muitos profissionais pelo mundo, publicações, pesquisas e prêmios nacionais.

CENTRO CULTURAL Oi FUTURO:

O Centro Cultural Oi Futuro, instituto de inovação e criatividade da Oi, atua como um laboratório para cocriação de projetos transformadores nas áreas de Educação e Cultura. Por meio de iniciativas e parcerias em todo o Brasil, estimulamos o potencial dos indivíduos e das redes para a construção de um presente com mais inclusão e diversidade. Há 15 anos, o Oi Futuro mantém um centro cultural no Rio de Janeiro, com uma programação que valoriza a convergência entre arte contemporânea e tecnologia. O espaço também abriga o Musehum – Museu das Comunicações e Humanidades, com acervo de mais 130 mil peças. Há 18 anos o Oi Futuro gerencia o Programa Oi de Patrocínios Culturais Incentivados, que seleciona projetos em todas as regiões do país por meio de edital público. Desde 2003, foram mais de 2.500 projetos culturais apoiados pelo Oi Futuro, que beneficiaram milhões de espectadores.

SERVIÇO:

Comunidade UX

Exposição: Até 3 de abril

Quarta a domingo das 11h às 18h

Galeria 3 – Oi Futuro

Rua Dois de Dezembro, 63 – Flamengo

Não é necessário agendamento

Site: Comunidadeux.com

Instagram: @comunidade.ux 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Ibaneis estuda atender 80 mil famílias no DF com o Cartão Prato Cheio