Quem precisa de um Batman tão sinistro?

Novo filme com Robert Pattinson como o Homem-Morcego consegue ser ainda mais dark do que aqueles estrelados por Christian Bale

Se tem um super-herói que une nerds e críticos de cinema, é o Batman. Desde os filmes de Tim Burton a partir do final dos anos 80, o herói da DC é aquele que mais permite aos diretores manterem uma certa marca autoral em seus filmes.

Pois bem, chegamos ao oitavo filme solo do Homem-Morcego, que só neste século já ganhou três encarnações no cinema: Christian Bale, Ben Affleck (este nem teve filme solo, coitado) e agora Robert Pattinson – que depois da franquia Crepúsculo vem construindo uma bela carreira, filmando com Cronenberg, Christopher Nolan, Claire Denis e quem mais aparecer.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Ibaneis estuda atender 80 mil famílias no DF com o Cartão Prato Cheio