Colcci celebra mais um lançamento com Bruna Marquezine

Um time de celebridades esteve presente no evento que a marca organizou na capital paulista para anunciar a chegada de mais uma coleção às lojas físicas, e e-commerce da marca.

Ontem, dia 23 de março, a Colcci reuniu uma turma animada em uma das mais clássicas e badaladas casas noturnas da cidade de São Paulo, a Disco. E para essa comemoração, a marca convidou a estrela Bruna Marquezine para ser a anfitriã dessa fashion party, além de ser também o rosto da coleção apresentada na noite.

A festa marca o lançamento do inverno da Colcci 2022, é chegada a hora da Glow Station, anunciando o retorno do brilho e dos paetês, que são os elementos que reinam na coleção, em peças feitas para as mulheres que querem brilhar nas festas. Desenvolvidas em shapes ajustados, marcando o retorno do maximalismo em um mix de produtos como vestido e mini saias, combinados com acessórios fluorescentes e peças como t-shirt e a calça Bruna Low (cintura baixa) no maior estilo high-low. Um dos destaques da noite é o look da atriz, um animal print em zebra que é o hit da estação.

Bruna chegou em um carro vintage que foi usado horas antes no shooting que ela fez para a marca Colcci, e que será divulgado como conteúdo nas redes sociais da marca em breve. Esse também foi o último evento da estrela no Brasil, que agora embarca para os EUA para dar início a sua carreira internacional.

Além da superstar um time de celebridades de peso marcaram presença nesse grande evento da Colcci na capital paulista em prestígio à marca, entre elas: Mari Goldfarb, Tierry, , Anavitória, Liniker, Yasmin Brunet, Sasha e João Figueiredo, Schynayder Moura e João Figueiredo, Alexandre Negrão, entre outros.

A nova coleção Glow Station já está disponível nas lojas físicas da Colcci em todo o Brasil, e também no e-commerce da marca.

Confira a galeria com a turma que esteve presente na noite. Imagens feitas pelo fotógrafo Filletti.

  

Fonte: MktMix Assessoria de Comunicação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Datafolha: Eleitor de Bolsonaro desaprova STF e não foge de discussão virtual