Pedido de demissão e xingamentos: Gentili e Bolsonaro brigam há dois anos

Danilo Gentili se tornou assunto recentemente entre os apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL) depois que perfis nas redes sociais voltaram a associar o filme “Como Se Tornar o Pior Aluno da Escola” (2017), estrelado e escrito por Gentili, à pedofilia. Junto com o apresentador, o comediante Fábio Porchat também foi alvo das acusações.

No Twitter, Danilo Gentili disse ter orgulho de ter conseguido desagradar tanto petistas, quanto bolsonaristas.

“O maior orgulho que tenho na minha carreira é que consegui desagradar com a mesma intensidade tanto petista quanto bolsonarista. Os chiliques, o falso moralismo e o patrulhamento vieram fortes contra mim dos dois lados. Nenhum comediante desagradou tanto quanto eu. Sigo rindo”, escreveu na rede social.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

43% dos beneficiários do Auxílio Brasil estão inadimplentes