Divulgado design final dos uniformes escolares do DF

O capuz da blusa de frio foi retirado para a segurança dos alunos. Decisão foi publicada no Diário Oficial desta segunda-feira (21)

A Secretaria de Educação publicou no Diário Oficial do DF desta segunda-feira (21) o design final dos uniformes escolares que serão obrigatórios no ano letivo de 2023. Em relação à Portaria nº 40, de 18 de janeiro de 2021, houve alteração no modelo com a retirada do capuz do casaco.

A diretora de Assistência à Saúde e Apoio às Políticas Educacionais Complementares (Suape), Celhia Ribeiro, esclarece que a mudança é para garantir a segurança dos alunos. “O capuz cobre parte do rosto, dificultando a identificação visual, inclusive por câmeras de segurança”, explica.

Os novos uniformes, compostos por bermuda, calça, camisetas (regata e manga curta) e casaco, serão distribuídos gratuitamente a todos os alunos da rede pública

A diretora destaca ainda que o uso do uniforme é essencial. “Além de facilitar a identificação dos alunos, aumenta a segurança deles dentro e fora da escola”, completa. Além disso, a simplificação do modelo vai gerar redução dos custos e do tempo gasto na confecção da peça. A estimativa é a aquisição de uniformes para atendimento de 430 mil estudantes da rede pública, aproximadamente.

Uma comissão formada pelos coordenadores regionais de ensino aprovou o layout do novo uniforme, em tom azul pantone. Os novos uniformes serão compostos por bermuda, calça, camisetas (regata e manga curta) e casaco. Eles serão distribuídos gratuitamente a todos os alunos da rede pública.

A licitação será publicada até o fim do mês de abril. A data de distribuição vai depender do andamento desse processo de compra. O modelo atual, em tom branco, será aceito até o fim do ano letivo de 2022.

Nos anos anteriores, o uniforme completo só era fornecido a beneficiários de programas sociais e para famílias de baixa renda. Os demais alunos, considerados grande maioria, pagavam cerca de R$ 25 por cada peça.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Alexandre de Moraes exalta urnas e firma posição combativa do TSE contra fake news