Ucrânia acusa Rússia de desrespeitar cessar-fogo parcial e adia retirada de civis

Moscou, por sua vez, afirma que nacionalistas ucranianos interromperam trégua parcial no país

Autoridades russas e ucranianas trocaram acusações neste sábado (5) em torno do não cumprimento do acordo para cessar-fogo parcial na Ucrânia. Mais cedo, Moscou disse que interromperia ataques para estabelecer os chamados corredores humanitários e permitir a fuga de civis.

O desrespeito ao período de trégua fez a Ucrânia adiar o plano para a retirada de pessoas nas cidades de Mariupol e Volnovakha, no sudeste do país. Em meio à troca de acusações, autoridades ucranianas afirmam que as negociações com Moscou para a saída de civis continuam.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Alexandre de Moraes exalta urnas e firma posição combativa do TSE contra fake news