Norte e Nordeste, regiões mais pobres, ainda não se recuperaram da pandemia

Passados quase dois anos da pandemia, as regiões mais pobres do Brasil ainda lutam para recuperar sua atividade econômica. Enquanto o Centro-Oeste, o Sudeste e o Sul do país já registram níveis de atividade superiores aos vistos antes da covid-19, o Norte e o Nordeste seguem com retração.

Para economistas ouvidos pelo UOL, a dificuldade de os estados do Norte e do Nordeste saírem da crise está relacionada a fatores como a menor diversificação produtiva, a redução de auxílios à população carente e o impacto da variante ômicron sobre o turismo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Alexandre de Moraes exalta urnas e firma posição combativa do TSE contra fake news