De tênis caros a um par de chinelos: a nova realidade de Marcola na prisão

Nos presídios de São Paulo, como Araraquara, Avaré e Presidente Venceslau, o preso Marco Willians Herbas Camacho, o Marcola, 54, apontado como líder máximo do PCC (Primeiro Comando da Capital), chegou a ter dezenas de pares de tênis importados e caríssimos na cela.

No início da tarde de ontem, quando foi transferido da Penitenciária Federal de Brasília para Porto Velho, Marcola só carregava as algemas nos pulsos, usava a roupa do corpo e um par de chinelos. Ele foi filmado desembarcando de um avião na capital de Rondônia, sob forte aparato policial.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mendonça pede vista e suspende julgamentos de Moraes contra Bolsonaro